domingo, 16 de janeiro de 2005, by Fabricio Shsn

A nova geração de pivetes da minha rua (meus sucessores) agora entraram na moda de andar de skate. É a maior barulheira na rua, eles escrevendo SLIPKNOT nas calçadas, enfim, uma zorra do cassete. O engraçado foi ver os inteligentes descendo uma baita ladeira que tem aqui em cima do skate. Eu tive que parar pra ver. "Tu vai ver como se andar de skate!", gritou um moleque. E lá foi ele, pegando embalo pra descer a ladeira. E foi. Velocidade aumentando, aumentando e aumentando. Quando o jumentinho viu que não ia dar pra parar, ele pulou do skate. E o skate continuou capotando ladeira abaixo, até que ele parou. E parou bonito, dando aquele estouro na porta de um Fusquinha que estava estacionado. E o pior é que deu um amassado na lataria. E o pior é que tinha gente dentro do carro. E o pior é que de dentro do fusquinha saiu um negão de 3 metros de altura, gritando milhões de palavrões e correndo atrás do moleque. Eu nunca havia visto uma criança subir tão rápido aquela ladeira, parecia até um queniano na São Silvestre. Não sei se o dono do Fusca pegou o menino, mas se pegou deve ter esfolado a cara dele no asfalto. Essa geração de crianças de hoje é tão burrinha... deve ser por causa do Cartoon Network.


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!