sábado, 27 de março de 2004, by Fabricio Shsn

Os pobre

"Os pobre vai na festa do bacana
Não é pra comemorá niversário
É só pra tomá caldo de cana
E catá rôpa do armário

Os rico chama pra comê bolo
E os pobre começa a se aglomerá
Eles enfia o bolo no bolso
E num vê a hora de outro pedaço catá

Aí vem os cocrete
E os pobre parecendo vedete
Ispremendo o salgadin como se foçe um santo

Na hora do cajuzin
Todo mundo qué mais umzin
Esse povo é de dá espanto."

(by Fabricio - 2000)


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!