sexta-feira, 27 de junho de 2003, by Fabricio Shsn

E mais uma vez... Bauernfest! Nesta 14ª edição da festa do colono alemão não faltou o de sempre: salsichão de todos os tipos, queijos, tortas, vinho (nham, vinho de jabuticaba), chocolate, música, alegria, caminhão de chopp, gente doidona. Tudo caro à vera, principalmente um ladrão lá que cobrava 35 reais por uma foto p&b na qual a gente usa trajes alemães! Mas o resto tava bem legal, o que interessa é que foi divertido e que pudemos entaleigar-nos com aquela comida cheia de gordura que escorre pela boca e faz um tremendo bem ao coração! Quem tiver aqui em Petrópolis dá uma passada lá na festa, vale a pena, ainda mais com esse friozinho gostoso do inverno. Só tome cuidado com as gordas doidas dos grupos de dança, elas catam qualquer um que passa perto do palco e puxam pra rodopiar com elas. Não, isso não aconteceu comigo e, se tivesse acontecido, eu jamais contaria isso pra alguém! Sou mongol mas num sou pagador de mico.


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!