quarta-feira, 4 de maio de 2005, by Fabricio S.

Ou eu sou muito crítico ou então o pessoal por aí não tem senso de ridículo. Passou uma matéria no telejornal local daqui de Petrópolis, sobre uma ONG que está desenvolvendo trabalhos sociais para um grupo de alunos surdos/mudos. Bela inciativa de inclusão social, etc e tal. Agora, eu achei um desses projetos no mínimo cômico, até porque eu ri pra caramba quando vi eles anunciando a criação de um coral de surdos e mudos. É isso mesmo que você está pensando, um grupo de cantores que não ouvem e não falam! Eles ficam apenas fazendo gestos utilizando-se das linguagem de sinais, e assim eles "cantam". É muita falta de senso mesmo! Ao invés de fazer um grupo de dança, aulas de pintura ou qualquer outra coisa, eles estimulam algo que as pessoas em questão simplesmente não podem fazer por natureza. Agora só falta alguém inventar de cegos disputarem campeonatos de tiro ao alvo.


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!