quinta-feira, 23 de dezembro de 2004, by Tiago

Era uma vez um carro... O pessoal já deve ter sabido que na terça-feira derramaram um oceano em cima de Petrópolis, tamanha foi a chuva que atingiu a cidade. Mas daí, depois de terminada a chuva, meu pai estava na rua, estacionou o carro após um daqueles trecos que quando o carro passa faz um barulho porre (meu pai chama de "tremoço"), onde ele sempre estacionou, e passaram 5 minutos ouve-se um barulho de batida forte e o carro roda no meio da pista pra atingir um poste 20 metros depois. Um filho da puta resolveu ultrapassar outro carro pelo lado direito da pista, tava em alta velocidade e atingiu o carro do meu pai, causando perda total. O carro que bateu no do meu pai era de empresa, então a empresa vai pagar o valor do carro... Enquanto isso a gente anda a pé, e agradece pelo meu pai não ter estado dentro do carro naquela hora, senão nem sei o que poderia acontecer... Trânsito é foda, com essa gente sem responsabilidade...


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!