quinta-feira, 26 de agosto de 2004, by Fabricio S.

Quando dizem que o barato sai caro, é verdade. Ontem eu estava passando por um conglomerado de camelôs e vi uma frente colorida pro meu celular. Fiquei todo bobo, pois nunca tinha visto capinha pro modelo do meu telefone. Dei 15 reais para o sujeito e pedi para ele encaixar. Foi aí que eu fiquei bolado. Ele foi tirando bateria, desencaixando, desaparafusando e quando vi meu celular estava todo despedaçado! Porra, se eu soubesse que o cara ia fazer um desmanche eu nem tinha mandando trocar, mas já era tarde. Após uma meia hora de operação minuciosa sob a luz oriunda de um "gato" no poste, o meu celular estava montado de novo. Na hora eu até pensei que tinha valido a pena esperar, mas essa idéia logo se foi quando cheguei em casa e resolvi testar o telefone todo. O teclado, o display e o som até que estavam direitinhos, mas e o vibracall? Maluco, quando eu ouvi o barulho até me assustei, parecia uma batedeira, sem contar que ele funcionava hora sim, hora não. Agora eu vou voltar lá na "assistência técnica portátil" para dar um esporro básico no "técnico em telefonia". E acho bom ele resolver o problema, porque senão... senão... eu vou ter que comprar um celular novo.


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!