quinta-feira, 6 de maio de 2004, by Fabricio S.

Imagine sentir sede. Muita sede. Tanta sede que seria capaz até de beber água suja, coisa que já fiz. Agora imagine subir uma montanha por três horas com o cantil vazio. Foi o que aconteceu com o amigo de um amigo meu. O desgraçado e mais uma turma foram subir o Açú (uma montanha famosa aqui na região de Petrópolis) e ficaram sem água. E a sede foi tanta que o sujeito praticamente surtou, meteu a faca numa lata de salsicha viena e bebeu aquela água da conserva! Que nojo! E além de ter sentido aquele gosto "horrorível", ficou com mais sede ainda, pois a água era uma mistura de gordura de porco com sal. Umas horas depois encontraram água potável, e o pobre coitado da salsicha ficou desidratado e com uma puta de uma diarréia. Se ao menos tivesse sido a água de uma lata de milho...

Xiao Xiao, The Game!


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!