segunda-feira, 26 de janeiro de 2004, by Fabricio Shsn

Se não tivesse meninas trabalhando aqui eu tirava a camisa, tá ardendo muito! Mas agora agüenta, toma na cabeça, branquelo! Que delícia é sentir o tapinha nas costas que as pessoas te dão, é uma sensação maravilhosa de dor misturada com arrepio. Bom também é quando puxam tua camisa pelo cangote pra ver os ombros queimados e falam: "Aaaai, coitadinho! Tá ardendo?". Não, imagina, quando você puxou a camisa e esfregou ela no meu outro ombro queimado não doeu nem um pouco. Mal vejo a hora de chegar em casa, arrancar a camisa, tomar aquele banho gelado e ficar longe de mãos alheias.
Ah, e "ninguém merece" (ugh) trabalhar ouvindo um rádio com o dial quebrado na MPB Fm! A única coisa que me consola é que não tá na Jovem Pan... sim, eu sou chato e só gosto de música que raramente toca em rádio. Eu nasci errado, fazer o quê...

Link interessante: Rola Bosta


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!