sábado, 13 de dezembro de 2003, by Fabricio S.


Floresta


Hoje tava pensando em algumas coisas estranhas da natureza humana. Uma delas é relacionada com o papel higiênico. Você poderia falar que não, mas estaria mentindo se dissesse que não olha para o papel higiênico sujo depois de limpar a bunda. Eu duvído que exista alguém que não olhe para o papel usado, isso já é praticamente um instinto humano.
E durante esse brainstorm fecal, cheguei a algumas teses para se fazer isso:
  • averiguar se limpou direitinho;
  • observar se tem a mesma tonalidade corriqueira;
  • verificar se o papel não rasgou e cagou o dedo de merda, além de entrar sujeira debaixo da unha.

    E n?o me venham com o papo de que isso é nojento. Todo mundo faz cocô. Mole, duro, comprido, preto, marrom, vermelho, fedido, pastoso ou com milho grudado, não interessa como seu dejeto é, você defeca e pressuponho que também limpa a bunda. Mas continuando no assunto fezes, eis uma pergunta que não quer calar: como é que uma pessoa cega, sem um ajudante, sabe que limpou a bunda direito? Será que ela cheira o papel?! Arrrgh!


  • Clique aqui e comente!

    Nenhuma mongolice! Que derrota!