domingo, 7 de setembro de 2003, by Fabricio Shsn

   Hoje eu descobri que uma pizza pode ser engraçada. Meu amor e eu fomos ver "Tratamento de Choque" no cinema (meio sem nexo, mas engraçado) e depois fomos comer uma pizza no Pastarella. Daí a gente tá lá escolhendo a cobertura da pizza, ela se lamentando por eu não comer cebola e tals, e a gente leu o item champignon. "Hmmm, eu amo champignon! Marca um X nisso", disse Bianca. Eu nunca achei graça nessa coisa, mas tudo bem. Acabou que no final era uma pizza metade calabresa e presunto, metade camarão e champignon. Primeiro comia parte de calabresa e presunto... tava boazinha. Depois eu fui comer a de camarão com champignon. Realmente, champignon não tem gosto, mas é muito engraçado! É, o mongol aqui acha champignon engraçado! Quando você poe na boca parece uma borracha, tem uma textura gostosa, e é mó bom ficar passando a lingua no champignon, é lisinho! Eu dava uma mordida naquela coisa e ficava rindo do champignon... não sei se ria porque sou mongol (bem provável) ou porque se tratava de algum tipo de cogumelo alucinógeno. Bem, o que interessa é que aquela porcaria não tem gosto e que a massa da pizza parecia um pão sírio. Massa de pizza com gosto de pão é foda...
   Pow, tava no centro da cidade agora há pouco e encontrei um velho amigo meu, o Batata! A princípio eu pensei que era assalto, mas era ele mesmo, só que de barba e com voz grossa. Cassete, eu não via esse moleque desde a 8ª série! Cinco anos! É muito legal reencontrar uma pessoa depois de tanto tempo, e perceber que a amizade continua como sempre. Conselho do mongol: curta cada momento que você passar no colégio, pois você sentirá muita falta depois.


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!