quinta-feira, 21 de agosto de 2003, by Fabricio Shsn

Hoje não teve aula para a maioria das escolas da cidade, paralisação. E como sempre ocorre nestas datas, teve uma passeata dos estudantes no centro da cidade. Mas como essa eu nunca ví. Os estudantes tinham até carro de som. E em cima do carro tava uma menina histérica gritando baboseiras e puxando gritos de guerra toscos, tais como "Pode buziná! Aqui tu num vai passá!". E a cada minuto a histérica sem empolgava mais e mais, parecia que tava dando o patrimônio anal. E eis que do nada, surge um sujeito revoltado com a bagunça e, portado de seu megafone, desfere a seguinte frase: "Vai cozinhar, porra!". Putz, o ponto de ônibus inteiro ficou rindo. Maluco, a garota ficou endemoniada. Largou o microfone e queria partir pra cima das pessoas! Mas a polícia interviu, coisa e tal. Enfim, foi uma bagunça do caralho. Eu sou totalmente contra essas merdas dessas passeatas. Além de não adiantar porra nenhuma, o zé povinho fica atrapalhando a vida de quem não tem nada a ver com isso. Pra se ter idéia, o grito de guerra dos retardados era Ar, ar, ar! Queremos estudar! Puta que pariu rapá, se tu quer estudar vai pra casa abrir um livro e num atrapalha a vida dos outros, caralho!


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!