quinta-feira, 7 de agosto de 2003, by Fabricio Shsn

Excelente cozinheira que é, minha mãe começou a fazer pão de mel pra vender. E eu, como não sou trouxa, entrei na onda e levei uns pães de mel pra vender na faculdade. Vendi os 10 pacotinhos que levei, fiz sucesso e ganhei R$ 10 só hoje. Mas o que mais me chamou a atenção foi a falta de higiene de uma garota pra quem vendi. Ela abriu o pacotinho e, quando foi pegar um pãozinho, ele caiu no chão. Ela abaixou e pegou o pãozinho de volta. Na parte do chocolate tinha pêlo, poeira, papel e um pedaço de biscoito de polvilho. Ela tirou o pêlo, a poeira e o papel. E só. Ela virou pra amiga que estava do seu lado e falou: "-Olha, ganhei um biscoito" e mandou garganta baixo. Iécooowww! A amiga dela fez uma cara de nojo, e a porquinha ficou rindo da sua nojeira pública. Qual a graça de comer um resto de um biscoito em decomposição? Afinal, é pra rir ou pra chorar? Porcas universitárias, vai entender...


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!