terça-feira, 19 de agosto de 2003, by Fabricio Shsn

Agora de noite eu estava indo pro ponto (de ônibus) quando encontrei Santiago, meu amigo errado que tenta se redimir cursando Direito. Sim, Santiago é o nome verdadeiro do pobre coitado. Enfim, conversamos, falamos merda e, como sempre, pensamos em coisas utópicas, como um ladrão que assaltaria falando "Por obséquio, o senhor poderia me fornecer este relógio dourado que envolve seu pulso? Caso contrário terei de usar de meus dotes maléficos e alojarei um projétil de chumbo em vosso crânio. Grato." Pois é, a gente viaja muito mesmo. Esse moleque devia tar fazendo marketing também, mas deixa pra lá. O importante que me fez lembrar disso tudo pra escrever aqui foi o taxista tarado. No ponto de ônibus encosta um Gol azul com plaquinha de táxi. O motorista, um velho com cara de safado, abre a porta perto de uma menina e pergunta pra onde ela iria. Ela fala que vai pra Mosela (meu bairro), e prontamente o velho fala: "-Entra aqui, eu levo você lá". Ela fala que não tem dinheiro e que não vai. Mesmo assim o tarado insiste, falando que não precisava pagar. A menina falando que não ia, e o velho cada vez mais chato. Só faltou ele puxar a menina e sequestrá-la. Depois de muita insistência ele foi embora, e a menina ficou falando com o pessoal do ponto que todo dia que têm menina no ponto ele oferece "carona". Velho filho da puta rapá! E além de tarado era bração, quase que porrou no ônibus quando foi arrancar. Agora imagina se uma menina entra no táxi do velho... será que ele daria carona mesmo? Eu duvído. De acordo com o Santiago, "...taxista não tem dinheiro pra comprar Viagra, o máximo que o vovô taxista poderia fazer é só dar uma chupadinha na menina". E o pior é que o sem noção falou isso alto, a menina assediada tava perto da gente! Puta merda, num posso me juntar com esse doente que sempre sobra alguma merda pros outros ouvirem...

Mudando de assunto, fiz outro Lego, esse foi usando um dos meus antigos manuais. Tem gente que tá duvidando que fui eu quem fez... quer acreditar, ótimo. Não quer acreditar, ótimo! E isso não é tão impossível assim. Usei os programas mlCad, l3p, Povray e Photoshop. Qualquer um com um poquinho de saco é capaz de fazer isso :b


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!