terça-feira, 20 de maio de 2003, by Fabricio Shsn

Vou pra faculdade. Chego lá e todo mundo: Não vai ter aula, só palestra. Droga, pra que fui sair de casa? Enfim, assisti a palestra sobre participação social, etc e tal. E qual o filme, que eu vejo pela enésima vez? Ilha das Flores! Todo mundo já deve ter visto esse filme, que fala sobre desigualdade social, plantação de tomate e polegares opositores. Mas é um curta muito bonito, que sensibiliza todos que o assistem. Daí acaba o filme e começa a apresentação dos corais, um do colégio e o outro da faculdade. E quem tava todo engomadinho com carinha de santo cantando? O ex-batera da minha banda, o Ronan! O moleque é 100% despirocado das idéias! Eu ri pra cassete vendo aquele doido lá fingindo ser o bom samaritano. E quando acabou a "palestra" fui pra cantina e não tinha coxinha com catupiry! Eu sempre como isso, sempre! E não tinha! A menina lá da cantina até riu quando eu cheguei: -Há, chegou tarde! Que ódio! Só de raiva vou comprar 5 coxinhas amanhã (diz o mongol que tem dinheiro e estômago forte né). Catupiry é uma merda pra deixar os "morenos" derretidos... É, morenos. Entenda como quiser!


Clique aqui e comente!

Nenhuma mongolice! Que derrota!